Tecnologia / Notícia

O que é marketing digital e como ele pode aumentar em até 4x suas vendas ?

Promover um produto ou uma marca não é simplesmente sair postando fotos de ofertas de qualquer maneira; aprenda como fazer
person access_timePostado em 06/03/2018 07:57 chat_bubble_outline

Foto: Reprodução/internet

Marketing digital é quando uma pessoa ou empresa executa várias ações online (postagens, vídeos, e-books, infográficos, etc..) com o objetivo de atrair ou chamar atenção de um público alvo específico, para criar relacionamentos e a partir daí gerar autoridade perante sua marca. Tudo isso através de estratégias de SEO, Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing.

Beleza, mas o que é marketing digital? Quando ele surgiu? E, de forma simples e com palavras fáceis, como ele pode ajudar a alavancar o meu negócio?



Simplificando: promover um produto ou uma marca por meio de qualquer mídias digitais é marketing digital!

Mas muita calma nessa hora….

Por exemplo: promover um produto ou uma marca não é simplesmente sair postando fotos de ofertas de qualquer maneira, nem muito menos publicar vídeos e imagens sem uma estratégia prévia.

Então vamos lá.

O marketing digital surgiu há pouco mais de 20 anos e reinventou a maneira de como as empresas se comunicam com os consumidores.

Segundo Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content, marketing digital é: “O conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca”.

E, com a acesso à internet democratizado, o marketing digital atua com as diferentes maneiras que as empresas têm para se comunicar com o público de forma direta, indireta, personalizada, e no momento oportuno, ou seja: momento certo.

Contudo, sabemos que existem diversas modalidades de marketing tradicionais que são usadas por grandes empresas, porém o marketing digital é a única disponível para empresas de todos os tamanhos, pois não precisa de muito investimento para gerar resultados extraordinários. É possível começar a investir a partir de R$ 5 por dia, mas isso é assunto para mais adiante.

Surgimento do Marketing Digital

Meados dos anos 90 surgiu a internet, bem diferente da que conhecemos hoje, na época chamada de Web 1.0.

A Web 1.0 não permitia que os usuários interagissem de maneira ativa com o sites e páginas da época, no máximo deixava que eles encontrassem informações através de sistema de busca simples.

Ou seja: a comunicação era muito mais de um grande produtor de conteúdo e as pessoas só acessavam essas informações de maneira totalmente passiva.

Foi neste momento do surgimento da internet que o termo marketing digital foi usado pela primeira vez.

Entretanto, ele era muito parecido ao marketing tradicional, pois a comunicação era exclusivamente unilateral, e o internauta apenas recebia passivamente o conteúdo.

Em 1993 os internautas começaram a ter mais possibilidades de interação com as marcas ou empresas que anunciavam na através da internet, porque foi quando surgiram os primeiros anúncios clicáveis.

No entanto, foi apenas nos anos 2000 que o marketing digital ficou mais parecido com o conhecemos hoje dele.

Nascia a Web 2.0, a era ICQ, do Messenger, YouTube, Orkut, Facebookem que a comunicação era mais democrática, e todo mundo passou a poder a ser também um produtor de conteúdo, ou seja: cada um teria a sua própria audiência. Sem falar que agora as pessoas podiam interagir, compartilhar, entre elas, os conteúdos disponibilizados na rede web.

O ponto agora é: também conhecido como “marketing online”, “internet marketing” ou “web marketing”, o marketing digital já evoluiu muito desde sua criação.

Hoje ele caminha cada vez mais na direção da personalização, ou seja, entregar a mensagem certa, para a pessoa certa, na hora certa.

Download: que tal baixar agora no seu WhatsApp o infográfico gratuito “Principais ferramentas de marketing digital”?

Conheça as vantagens do marketing digital segundo Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content:

1. Comunicação

O marketing tradicional – aquele feito fora da Internet, com outdoor, TV e Rádio, panfletos  – não permite que os consumidores se comuniquem facilmente com as empresas sobre o que acabaram de ver.

Já esse o marketing digital possibilita a comunicação entre empresas e consumidores de forma fácil, 24 horas por dia e muitas vezes em tempo real.

Dessa forma, a solução de problemas e mal entendidos se torna muito mais fácil, fazendo com que a marca crie uma boa reputação e uma relação mais afetiva com seus consumidores.

2. Alcance global

Se você já estudou marketing, sabe que um dos famosos ‘4 Ps do Marketing’ é “praça”, o lugar em que você vai fazer suas ações de marketing.

Por exemplo, se sua campanha usa outdoors ou flyers, a escolha do lugar influencia o custo e o impacto da ação. Um outdoor em João Pessoa, não vai impactar consumidores em São Paulo.

Já no mundo virtual qualquer empresa pode ter alcance global, já que não existem distâncias a serem percorridas e nem limites geográficos.

3. Interatividade

Uma das grandes vantagens do marketing na internet é que ele fica mais interativo, deixa de ser uma via de mão única.

Com a comunicação deixando de ser unilateral, várias possibilidades se abrem e agora as empresas podem criar interações ricas com seu público.

4. Dados

Além de você chamar mais a atenção do consumidor, toda vez que ele interage com uma ação de marketing, você consegue informações sobre o seu negócio e até mapear seus concorrentes, o que pode ajudar a empresa a entender melhor sua buyer pesona (quem compra de você, seu publico alvo) e criar ações cada vez mais eficientes.

Além dos dados sobre a idade e localização do seu público, há também sobre o comportamento dos usuários em sites, blogs e redes sociais. Motores de busca são essenciais para que os profissionais de marketing possam criar campanhas eficientes e embasadas em dados.

O real benefício de utilizar dados no marketing digital é economia de tempo e dinheiro.

Assim, evita-se que uma campanha seja criada com base em suposições, e assegura-se de que a mensagem comunicada estará de acordo com o público, e que os canais utilizados são acessados pelo público.

Dessa maneira, empresas reduzem o desperdício de dinheiro com campanhas que não funcionam.

5. Segmentação

Com a quantidade de dados que você consegue usando o marketing digital, é possível fazer investimentos de marketing extremamente direcionados para seu público-alvo com precisão cirúrgica. 

Esse tipo de segmentação faz com que a eficiência das campanhas aumente consideravelmente e que o dinheiro gasto em marketing não seja desperdiçado.

6. Tempo real

Como o marketing digital tem como base a internet, tudo pode ser acompanhado em tempo real.

Os profissionais de marketing podem se adaptar rapidamente de acordo com a performance de uma campanha, evitando desperdiçar dinheiro em algo que não está funcionando.

Enquanto um anúncio de jornal não pode ser mudado depois de impresso e é complicado medir sua performance, o texto de uma campanha no AdWords (assista ao curso gratuito) pode se ajustar automaticamente centenas de vezes ao dia e gerar dados que ajudem a entender se os objetivos estão sendo alcançados ou não, e o que é preciso mudar para gerar os resultados esperados.

Principais canais do marketing digital

Assim como o marketing tradicional, o marketing digital possui centenas de ferramentas, canais e formatos que podem ser utilizados para se alcançar os resultados desejados.

Segue abaixo algumas das estratégias e ferramentas que todo profissional deve conhecer para entrar nesse mercado:

1. Blogs

O blog é um dos canais mais importantes do marketing digital.

Por meio dele, sua empresa tem a possibilidade de estabelecer autoridade no mercado, conectar com seu público e, principalmente, transformar visitantes do seu blog em possíveis clientes.

Um dos grandes benefícios do blog é que você tem controle total do que acontece nele.

Assim, você dita que tipo de conteúdo vai ser publicado, o tom de voz a ser utilizado, de qual maneira vai abordar seu tema e se vai promover seus produtos ou não.

 


Comentários