Saúde / Brasil

Tratamento do câncer no Brasil é tema de debate no Plenário nesta manhã

Segundo a OMS, o câncer é responsável por uma em cada seis mortes no mundo
person access_timePostado em 06/06/2017 08:29 chat_bubble_outline

Foto: Reprodução/internet

COMPARTILHAR

A Câmara dos Deputados realiza uma comissão geral nesta terça-feira (6) para discutir os desafios do tratamento do câncer no Brasil. O debate foi proposto pelo deputado Caio Narcio (PSDB-MG) e será realizado no plenário Ulysses Guimarães, a partir das 9h30.

Números no Brasil
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2016 e 2017, aproximadamente 600 mil pessoas desenvolverão algum tipo de câncer no Brasil, dos quais cerca de 180 mil serão de pele, 61 mil, de próstata e 58 mil, de mama.

No mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano 8,8 milhões de pessoas morrem de câncer. O principal problema, segundo a entidade, é a demora no diagnóstico da doença. Por isso, a OMS afirma que é necessário investir em equipamentos médicos, no fortalecimento dos serviços de saúde e no treinamento de profissionais da saúde para que eles possam realizar diagnósticos apurados rapidamente.

Além disso, também é preciso garantir que as pessoas vivendo com câncer tenham acesso a tratamento seguro e efetivo. Os diagnósticos precoces, ressalta o Inca, podem aumentar a possibilidade de cura para alguns cânceres e reduzir a morbidade resultante da doença e de seu tratamento.

Em abril, especialistas ouvidos na Câmara apontaram dificuldades do Sistema Único de Saúde (SUS) em oferecer novas tecnologias para o tratamento de pacientes com câncer.

Agência Câmara Notícias

Comentários