Saúde / Paraíba

Paraíba cria comissão para investigar óbitos por arboviroses

Dengue, zika, chikungunya e febre amarela são algumas das doenças causadas por arboviroses
person access_timePostado em 12/02/2020 12:09 chat_bubble_outline

Mosquito Aedes aegypti é transmissor de arboviroses (Foto: Imagem ilustrativa | Venilton Kuchler/ANPr)

Foi publicada, nesta quarta-feira (12), no Diário Oficial do Estado, a criação da Comissão de Investigação de Óbitos (CIO) por arboviroses na Paraíba. O objetivo do grupo será integrar as ações das vigilâncias epidemiológica, ambiental, laboratoriais, entomológicas e a organização da assistência à saúde mediante a ocorrência de óbitos por arboviroses.

  • Dengue, zika, chikungunya e febre amarela são algumas das doenças causadas por arboviroses. Em janeiro, o Portal Correio noticiou que a Paraíba possuía 32 municípios que apresentaram índices que demonstram situação de risco para ocorrência de surto e/ou epidemia por arboviroses. Os dados faziam parte do Levantamento Rápido de Índices para o mosquito Aedes Aegypti (LIRAa/LIA).

A CIO – Arboviroses será composta por representantes da Gerência Operacional de Vigilância Epidemiológica; da Chefia do Núcleo de Doenças Transmissíveis Agudas; da equipe de responsáveis técnicos pelos agravos; da Gerência Operacional da Atenção à Saúde; da Chefia do Núcleo de Fatores Biológicos, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde; e da Superintendência Estadual do Ministério da Saúde.

Os membros do grupo serão designados por resolução específica da Secretaria de Estado da Saúde para um período de dois anos. Deverão ser indicados suplentes que substituirão os titulares nas ausências justificadas. Os integrantes do grupo não serão remunerados pela tarefa, no entanto, é recomendado que eles sejam dispensados de outras obrigações referentes aos setores ou órgãos nos quais prestem serviço.



Conforme resolução da Secretaria de Estado da Saúde, o grupo enfocará a discussão e análise da investigação no prazo de 30 dias após recebimento das informações dos óbitos por arboviroses. Após análise e considerações acerca de cada caso, uma equipe será formada para visitar o município onde ocorreu a morte e fortalecer discussões a respeito das doenças junto à equipe da Secretaria Municipal de Saúde.

Portal Correio 


Comentários