Saúde / Paraíba

Número de casos de Aids aumenta 57% em doze anos, em João Pessoa

Dados foram analisados entre 2007, quando houve 110 casos, e 2018, com 173 casos da doença
person access_timePostado em 05/12/2019 11:55 chat_bubble_outline

Número de casos de Aids aumentou em João Pessoa em doze anos — Foto: Pedro Ribas/SMCS

O número de casos de Aids aumentou 57% em doze anos em João Pessoa, de acordo com dados divulgados pela Gerência de Vigilância Epidemiológica (Viep) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Os dados foram analisados entre 2007, quando houve 110 casos, e 2018, com 173 casos da doença.

Além disso, foi verificado que entre 2007 e outubro de 2019, 2.036 casos de Aids foram detectados, sendo 120 nos dez primeiros meses deste ano.

Os dados também revelam que houve um aumento de 59% na detecção de casos de HIV no período de 2015 (185 casos) a 2018 (294 casos). O levantamento da Viep mostra, ainda, que do total de pessoas identificadas com HIV/Aids no município entre os anos de 2007 e 2019, 72% são do sexo masculino e 28% são do sexo feminino.



Sobre os dados apresentados, o gerente de Vigilância Epidemiológica da SMS, Daniel Batista, explica que desde 2014 os casos positivos para HIV passaram a ser de notificação compulsória. “Antes disso, havia subnotificação dos casos e a partir de então houve também a ampliação dos testes rápidos na rede de saúde de João Pessoa”, comentou.

Até o mês de outubro deste ano, a rede municipal de saúde já realizou 36,8 mil testes rápidos para HIV; 31,9 mil para sífilis; 27,7 mil para hepatite B e 28,2 mil para hepatite C. 

Serviços 

A SMS oferece diariamente aos usuários o serviço de testagem rápida para HIV/Aids e outras IST como sífilis, e hepatites B e C. Além das unidades de saúde da família e policlínicas municipais, o serviço também é realizado pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA), que está localizado na Policlínica Municipal de Jaguaribe.


Comentários