Saúde / Notícia

Mãe que estava grávida de 5 dá à luz no Paraná

Parto aconteceu na noite desta segunda-feira (02). Segundos os pais, todos os cincos bebês nasceram com saúde
person access_timePostado em 03/09/2019 20:13 chat_bubble_outline

Quíntuplos do Paraná nasceram nesta segunda-feira (2) (Foto: Reprodução Instagram)

"E ontem, dia 02/09/2019, foi o melhor dia de nossas vidas", escreveram os pais, Anieli Kurpel, 25, e Luis Fernando Araújo, 33, ambos, de Chopinzinho, em seu Instagram. Pelas redes sociais, o casal divulgava semana a semana da gravidez de seus quíntuplos. Segundo a postagem, Luis Henrique, Jhordan, Tiago, Laura e Antonella nasceram bem e com saúde. 

A mãe estava com 28 semanas e a expectativa era de que os bebês não passassem das 29 semanas. O parto aconteceu às 21h15. "Vieram ao mundo o maior amor que um pai e uma mãe podem sentir, e em nosso caso, tudo vezes 5! Nasceram todos com muita saúde! Depois de hoje, não somos mais nós que lutamos por eles e sim eles mesmos, mas sempre estaremos ali, dando a força, o amor e os cuidados necessários! Temos a certeza que serão todos guerreiros, pois Deus está com todos nós e, com certeza, já está dando força a todos eles! Hoje foi o melhor dia de nossas vidas, o nascimento dos primeiros Quintuplos do Paraná, nossos amados filhos", escreveram.

 

Os bebês nasceram no Hospital do Rocio, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, no Paraná. "Aqui tem mais leitos de UTI e conseguirão nós receber", disse a mãe, em entrevista à CRESCER. Anieli foi demitida antes de descobrir sobre a gravidez e o marido, que é representante comercial, está de licença não remunerada. A família está fazendo uma "vaquinha online" para arrecadar recursos. Anieli, que já é mãe de Davi, 6, de um relacionamento anterior, engravidou naturalmente dos quíntuplos ao tentar o segundo filho.



A gravidez

Foram quatro meses de tentativas até que ela começou a sentir fortes dores. Depois de diversas consultas e diagnósticos — suspeitaram de cistos no ovário, gravidez molar e até na possibilidade de câncer —, veio a surpresa. "Quando entrei na sala em que ela estava fazendo o ultrassom, o médico falou: 'Entra, pai, preciso dar uma notícia'. Ele pediu para a enfermeira chamar todo mundo, pois seria a última vez que veriam uma notícia daquelas e, então, nos disse que dentro de minha esposa estavam batendo cinco corações, todos muito saudáveis e fortes", lembra.

Por SABRINA ONGARATTO


Comentários