Saúde / Notícia

Jovem de 23 anos morre após seis dias internada com Covid-19; 'não é uma brincadeira', diz pai

Isabel não apresentava comorbidades, mas morreu no domingo (21)
person access_timePostado em 24/02/2021 15:06 chat_bubble_outline

Isabel Aquino, de 23 anos, morreu em decorrência da Covid-19 em João Pessoa — Foto: Isabel Aquino/Arquivo pessoal

A jovem Isabel Aquino, de 23 anos, morreu no domingo (21) em decorrência da Covid-19, em João Pessoa. O pai dela, Sandro Aquino, lamentou a morte da filha, que não tinha nenhuma comorbidade: "Tenham cuidado. A Covid-19 não é uma brincadeira". 

"Falar dela é muito difícil diante da dor que estamos sentindo. Ela era uma filha linda, educada, inteligente e essa doença chegou de uma forma inesperada", relembra.

De acordo com o pai de Isabel, ela era contadora e viajou a trabalho. Quando retornou a João Pessoa foi para um aniversário em um bar da capital. Depois, começou a sentir sintomas de gripe, que em alguns dias foram somados a febre.



Com a suspeita da infecção por coronavírus, ela chegou a ir para um hospital, onde foi verificado que o pulmão estava comprometido entre 30 e 50%, mas ela foi mandada para se recuperar e fazer isolamento em casa. Dois dias depois, Isabel sentiu falta de ar e foi levada para outro hospital, onde foi internada e levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Isabel ficou internada durante seis dias. Durante o período, a família só conseguiu participar de duas videochamadas devido ao agravamento do quadro, uma vez que a jovem apresentava muita dificuldade de respirar. 

"Essa doença é muito séria. Ela começa a fazer aquilo que diziam que ela não ia fazer: atacar os jovens", lamentou.


Comentários