Política / Ricardo Coutinho

Sumido até das redes sociais desde que foi solto, ex-governador reaparece em evento do PSB em Brasília

person access_timePostado em 10/02/2020 19:50 Atualizado em 10/02/2020 19:53 chat_bubble_outline

Foto: FJM

Sem dar o ar da graça desde quando foi solto da prisão no dia 21 de dezembro, graças a uma decisão liminar, da lavra do ministro Napoleão Maia, do STJ, bastante controvertida e que tem sido alvo de contestação no próprio tribunal, eis que o ex-governador Ricardo Coutinho voltou a aparecer, acompanhado da cúpula do PSB, em Brasília, nesta segunda-feira (10), oportunidade em que participou da reunião do Conselho Curador da Fundação João Mangabeira (FJM). Saiba mais aqui.

Segundo o site da Fundação, foram apresentadas as ações da gestão do presidente Ricardo Coutinho e os projetos para o ano corrente. Ao site, Coutinho disse que  “nosso carro-chefe agora para o começo do ano é o projeto É Socialista, que prospectou as políticas públicas de destaque das prefeituras municipais que têm à frente prefeitos e prefeitas socialistas. Lançaremos em breve também uma plataforma para candidatos do partido com subsídios às suas candidaturas para as eleições 2020”. Na ocasião foi lançado o caderno Pense Brasil Amazônia Azul e o novo portal da FJM, que teve o design reformulado.

O ex-governador, que após ser solto da prisão que foi submetido por ocasião da sétima fase da Operação Calvário/Juízo Final, apontado como chefe de uma Organização Criminosa (Orcrim), responsável por desvios de mais de R$ 134 milhões na saúde e na educação do estado da Paraíba, andava sumido, inclusive das redes sociais, onde não postava nada desde o dia 8 de janeiro.




Comentários