Política / Política

Prefeito admite que pode deixar PSDB ainda este ano e rechaça rixa com tucanos da PB

No entanto, Romero disse que prefere tomar a decisão com mais tranquilidade e sem pressa
person access_timePostado em 08/11/2018 07:10 chat_bubble_outline

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), voltou a falar sobre uma possível saída de seu partido. Desta vez, o tucano revelou que a saída da legenda pode até acontecer este ano. As declarações foram dadas pelo gestor campinense em entrevista à TV Itararé.

No entanto, Romero disse que prefere tomar a decisão com mais tranquilidade e sem pressa, tendo em vista que o próximo pleito a ser disputado por ele será apenas em 2022.

“É possível. Dentro de uma forma serena, sem também o açodamento de dizer que estou migrando para outro partido. Em 2020 estou inelegível, pois é o fim do nosso mandato. Se tiver de disputar outra eleição, será em 2022. Então sem pressa, com muita tranquilidade”, disse.



Romero acrescentou que a possível saída não tem relação com o PSDB local e que tem boas relações com o ninho tucano paraibano. “Boas relações, nada absolutamente a ver com o PSDB local”, afirmou.


Comentários