Política / Paraíba

Ministra Carmen Lúcia vota para que irmão de Ricardo Coutinho mantenha uso da tornozeleira eletrônica

person access_timePostado em 27/11/2020 16:42 chat_bubble_outline

O voto da ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi o terceiro em favor da manutenção do uso da tornozeleira eletrônica por Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, ambos investigados o âmbito da Operação Calvário.

O habeas corpus emitido pela defesa de Coriolano, que pede o afastamento, em definitivo, das medidas cautelares diversas da prisão impostas ao agravante  já foi rejeitado também pelo ministro Gilmar Mendes

Como a decisão da maioria foi em desfavor de Coriolano, mesmo ainda faltando votar os ministros Nunes Marques e Ricardo Lewandowiski, o STF deve decretar a permanência da tornozeleira eletrônica.



O irmão do ex-governador da Paraíba foi preso no dia 17 de dezembro de 2019. Ele é investigado por supostamente integrar uma organização criminosa que teria desviado R$134,2 milhões destinados aos serviços de Saúde e Educação do Estado da Paraíba.


Comentários

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal MídiaPB - Você sempre informado, não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2021 se encerrarem.