Política / Paraíba

Galdino condena declarações de Ricardo contra João sobre G-10

person access_timePostado em 27/05/2019 09:17 Atualizado em 27/05/2019 09:24 chat_bubble_outline

Presidente da ALPB, Adriano Galdino

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB), condenou, na manhã desta segunda-feira (27), as declarações do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que cobrou uma posição mais enérgica do governador João Azevêdo (PSB) em relação ao G-10.

Galdino cobrou de Ricardo declarações de união, que permitam a continuidade do propagado “projeto” do PSB e governabilidade a João.

“Ricardo é o nosso maior líder político do PSB, tem uma história de muito trabalho para a Paraíba, mas eu acho que nesse momento toda fala tem que ter um objetivo: unir, juntar e agregar. E o G-9 (sic) é governo. A minha preocupação não só com Ricardo, mas com outras lideranças do partido, é que possam ter um discurso de união para dar continuidade ao projeto do PSB e a governabilidade de João”, disse Galdino, em entrevista à rádio Jovem Pan de João Pessoa.



Galdino fez elogios ao governador João Azevêdo, a quem atribuiu ter uma “agenda grandiosa” para o estado.

“João tem feito um grande trabalho, com uma agenda grandiosa. Ele precisa do nosso apoio, precisa que estejamos juntos, para isso precisamos dar declarações de união e Ricardo tem papel fundamental para isso”, acrescentou.

Nesse último fim de semana, em entrevista coletiva na Câmara Municipal de Cajazeiras, o ex-governador Ricardo Coutinho fez uma série de críticas ao seu sucessor. Ricardo previu uma “situação ruim” na relação de João com o G-10. “Eu acho que essa coisa vai terminar em uma situação ruim, terá atritos cada vez maiores, mas eu não sou governante, se eu me visse nessa situação, gostaria de ter uma definição: quem está com o governo e quem não está”.

Maurílio Júnior – MaisPB


Comentários