Política / Paraíba

Calvário: STJ determina bloqueio de bens de político apoiado por Vital Costa em 2018 em Araruna

person access_timePostado em 27/10/2020 16:47 Atualizado em 31/10/2020 09:13 chat_bubble_outline

A 9ª fase da Operação Calvário foi deflagrada nesta terça-feira (Foto: Reprodução)

Nesta terça-feira (27), em mais uma fase da Operação Calvário, o ex-governador Ricardo Coutinho, o conselheiro do TCE-PB, Arthur Cunha Lima e o ex-procurador da Paraíba, Gilberto Carneiro entre outras pessoas ligadas a eles tiveram bens bloqueado após determinação do STJ.

As investigações, realizadas após delação premiada de Daneil Gomes e Michele Mouzalas, apuram o pagamento de R$ 500 mil para a aprovação das contas do Estado e da Cruz Vermelha do Brasil, referentes ao ano de 2012.

Ao todo foram bloqueados cerca de R$ 23,4 milhões, para reparação.



Confira a relação de bens bloqueados:

Ricardo Coutinho R$ 2,2 milhões
Gilberto Carneiro R$ 2,2 milhões
Arthur Cunha Lima R$ 2,2 milhões
Arthur Cunha Lima Filho R$ 2,2 milhões
Diogo Mariz R$ 2,2 milhões
Maia & Mariz Advogados Associados R$ 2,2 milhões
Sérgio Ricardo Ribeiro Gama R$ 2,2 milhões
SG Construções e Locações de Máquinas R$ 1 milhão
Cidade Inteligente Goiana Construções R$ 1 milhão
Sérgio Ricardo Pereira Gama Filho R$ 1 milhão
Seven Softwares Sistemas e Serviços R$ 1 milhão
Sumária Editora R$ 1 milhão
Lúcio Parede Cunha Lima R$ 1 milhão
Keydson Samuel Sousa Santiago R$ 2,6 milhões


Comentários

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal MídiaPB - Você sempre informado, não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.