Policial / Notícia

Pai e filho são presos junto com um terceiro suspeito de assaltar postos na divisa da Paraíba com RN

A Polícia Civil da Paraíba desarticulou a quadrilha durante operação na manhã desta quarta-feira (6), em Catolé do Rocha
person access_timePostado em 06/02/2019 19:20 chat_bubble_outline

Pai e filho e mais um homem são presos suspeitos de assaltos e postos na divisa da Paraíba e RN (Foto: Walla Santos/ClickPB)

Pai e filho e um terceiro homem foram presos suspeitos de formar um grupo que assaltava postos de combustíveis na divida da Paraíba com o Rio Grande do Norte. A Polícia Civil da Paraíba desarticulou a quadrilha durante operação na manhã desta quarta-feira (6), em Catolé do Rocha.

O trio foi flagrado com objetos roubados e uma moto usada nos crimes. O grupo foi reconhecido pelas vítimas. Os três homens são suspeitos de assaltar postos de combustíveis e também de atacar pedestres e de roubar veículos.

Os policiais civis da Delegacia Seccional prenderam os homens identificados como Rômulo da Silva Sousa, Raimundo Vieira dos Santos e Rodrigo Vieira da Silva. De acordo com o delegado Sylvio Rabelo, a polícia começou a investigar o caso após registros de assaltos a postos de combustíveis.



“Eles estavam agindo de uma forma contumaz há pelo menos seis meses, assaltando postos de gasolina e transeuntes, roubando objetos pessoais e veículos. Estávamos fazendo diligências para realizar a prisão em flagrante, o que conseguimos fazer porque conseguimos encontrar os suspeitos de posse de um cordão de ouro. Eles foram reconhecidos por vitimas, na delegacia”, afirmou delegado Sylvio.

“A primeira pessoa foi presa no último domingo e os outros dois, que são pai e filho, foram presos hoje”, completou.

O bando praticou assaltos em postos de combustíveis nas cidades de Catolé do Rocha, São Bento e na região do Rio Grande do Norte, conforme apontam as investigações. Com o primeiro homem preso, foi encontrada a motocicleta preta, usada nos assaltos. Os presos foram interrogados e encaminhados à Justiça.


Comentários