Paraíba / Opinião

O que será do Brasil sem o auxílio?; por Fabiano Gomes

person access_timePostado em 07/01/2021 08:38 chat_bubble_outline

Para quem achar que a vacina para imunizar a Covid-19 é sinônimo de melhorias na economia é um ledo engano.

A partir deste mês, 68,2 milhões de brasileiros começam o ano com renda curta. Alguns, na verdade, iniciam 2021 sem nenhuma renda.

Todos eles estavam sendo beneficiados pelo auxílio emergencial do Governo Federal lançado desde o início da pandemia do novo Coronavírus, que injetou na economia, só no ano passado mais de 322 bilhões de dólares.



Sem contar o que foi liberado para os municípios, por meio de Medida Provisória, foram gastos mais R$ 293 bilhões, totalizando mais de R$ 615 bilhões em 2020.

Só na nossa pobre Paraíba, um milhão e meio de pessoas foram beneficiadas, fazendo girar na nossa economia quase 7 bilhões, em 2020.

Mas esse aquecimento econômico gerado pelo auxílio acabou. Agora, os brasileiros terão de enfrentar o frio ártico da miserabilidade intensificada pela alta na taxa de desempregados.

Muitos, ou melhor, grande parte não sabe o que fazer e não enxerga nenhuma luz no fim do túnel, já que não há nenhum outro plano econômico para ser anunciado, porque não foi pensado.

E a pergunta que todos se fazem é: O que será do Brasil sem o auxílio?


Comentários

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal MídiaPB - Você sempre informado, não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2021 se encerrarem.