Paraíba / Notícia

Mídia nacional destaca paraibanos cotados para ministérios e liderança do Governo e PMDB

person access_timePostado em 09/01/2017 07:58 chat_bubble_outline

COMPARTILHAR

 As eleições para presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, no início de fevereiro, não interferem apenas no comando das duas Casas. As disputas desencadearão uma série de mudanças também na Esplanada dos Ministérios. Nesse contesto dois paraibanos foram destaque na edição deste domingo (08) do jornal Folha de São Paulo, como potenciais candidatos ao Ministério da Saúde e Planejamento, bem como a líderes do Governo e do PMDB, são o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) e o senador Raimundo Lira (PMDB) respectivamente. Segundo o jornal, com a prisão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o governo federal avalia que é necessário reacomodar as forças na base aliada e considera retirar da função André Moura (PSC-SE), um dos aliados mais próximos do peemedebista. As possibilidades são trocá-lo por Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) ou por Rogério Rosso (PSD-DF) com o objetivo de fortalecer a candidatura de Rodrigo Maia.

Ainda sobre Aguinaldo para garantir o apoio do PP a Rodrigo Maia (DEM-RJ) na disputa pela presidência da Câmara, o governo federal manterá a sigla à frente da pasta, mas cogita trocar Ricardo Barros (PR), cuja atuação não tem agradado ao presidente, por Ribeiro (PB), que já foi ministro e vinha articulando candidatura avulsa.

No Senado, a eleição de Eunício Oliveira (PMDB-CE) é dada como praticamente certa pelos senadores. Na Casa, a polêmica deve se restringir à liderança do PMDB. A escolha do atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para a cadeira não é consenso entre seus pares.

A equipe econômica defende que o ministro interino Dyogo Oliveira se torne efetivo, mas a definição dependerá do apoio do senador Romero Jucá (PMDB-RR), ex-ministro da pasta e líder do governo no Senado Federal. Caso a disputa pela liderança do PMDB se intensifique, é avaliada a possibilidade de acomodar Raimundo Lira (PB) ou Eduardo Braga (AM) na pasta, abrindo espaço para Renan Calheiros (AL) assumir a posição. Essa semana o Jornal Estação também trouxe a possibilidade de Lira vir a ser o novo Líder do PMDB no Senado.

Comentários