Paraíba / Notícia

Lígia Feliciano e Cássio Cunha Lima entram na mira da Justiça Eleitoral

person access_timePostado em 19/06/2018 09:01 chat_bubble_outline

Foto: Reprodução/internet

A vice-governadora e pré candidata ao governo da Paraíba Lígia Feliciano (PDT), e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), entraram na mira da Justiça Eleitoral, acusados de antecipar campanha fora do período estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O procurador regional eleitoral da Paraíba, Victor Carvalho Veggi, abriu um procedimento preparatório contra a vice-governadora. A portaria foi publicada na edição do Diário Eletrônico do Ministério Público Federal (MPF) de ontem, segunda-feira (18). 

De acordo com o documento, Lígia teria praticado suposta propaganda eleitoral antecipada vedada ao divulgar publicação no Instagram patrocinado. 



O Ministério Publico Federal (MPF), também está investigado o senador Cássio Cunha Lima por propaganda eleitoral irregular nas redes sociais. Cássio pretende disputar a reeleição. 

De acordo com o diário oficial do Ministério Público Federal (MPF), publicado no dia 15 de junho deste ano, Cássio teria patrocinado vários posts em sua página no Facebook – o que não seria permitido pela justiça eleitoral.

 

PB Agora


Comentários

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal MídiaPB - Você sempre informado, não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.