Paraíba / Notícia

Atualização da ANA e Aesa aumenta capacidade de 5 açudes na Paraíba

As reduções no volume dos açudes paraibanos, conforme verificado pela ANA, podem estar associadas às condições de assoreamento
person access_timePostado em 02/06/2019 22:01 chat_bubble_outline

Açude de Boqueirão foi um dos que teve o volume modificado (Foto: Chico Martins, Jornal CORREIO)

A Agência Nacional das Águas (ANA) fez uma atualização na capacidade de armazenamento de água de nove açudes paraibanos. Após a realização de um trabalho técnico que consistiu na reavaliação do porte dos reservatórios, cinco tiveram suas capacidades aumentadas e três, reduzidas.

De acordo com o estudo feito pela ANA em parceria com a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), foram atualizadas as capacidades dos açudes Coremas, Mãe d’Água, Engenheiro Ávidos, São Gonçalo, Epitácio Pessoa (Boqueirão), Lagoa do Arroz, Santa Inês, Pilões e Jatobá II.

Redução

Sofreram redução no total do volume os açudes Mãe D’Água, em Coremas; o Pilões, em São João do Rio do Peixe; e, o São Gonçalo, em Sousa.



As reduções no volume dos açudes paraibanos, conforme verificado pela ANA, podem estar associadas às condições de assoreamento na bacia, embora a ausência de informações mais precisas sobre os estudos anteriores não permita afirmar com precisão se houve modificações de caráter geomorfológicos nos reservatórios.

Atualização

Para a realização do estudo, foi contratado um serviço de atualização e verificação dos volumes dos principais reservatórios da Paraíba, com intuito de reavaliar as suas capacidades.

As técnicas usadas para o resultado foram divididas em duas etapas. A primeira consistiu no mapeamento da parcela seca do açude (apoio terrestre de campo, aerolevantamento, perfilamento laser e aerotriangulação). Já a segunda, ao mapeamento da área molhada, praticado por meio de análises feitas com o auxílio de ecobatímetros modernos (aparelho utilizado para sondagem).


Comentários