Esporte / Notícia

Márcio Azevedo faz história ao se tornar primeiro guarabirense campeão do Brasil

person access_timePostado em 19/09/2019 14:27 chat_bubble_outline

Na noite desta quarta-feira (18), quando o juiz apitou o final do jogo e tornou o Athletico Paranaense campeão da Copa do Brasil, um guarabirense entrou para a história do clube do Paraná. Márcio Azevedo, lateral esquerdo do Furacão, um colecionador de títulos, é o primeiro e único atleta da cidade a ser campeão de uma competição nacional de futebol.

O Athletico-PR garante vaga na Libertadores 2020, na primeira edição da Supercopa do Brasil e ainda enche o bolso: o título valeu R$ 52 milhões.

Nascido num bairro pobre da cidade de Guarabira, Márcio saiu dos campos de várzea, jogou por clubes amadores da cidade até ser transferido para o Juventude, passando pelo Fortaleza, Botafogo do Rio de Janeiro, Athetico-PR, Metalist da Ucrânia, Shakhtar Donetsk da Ucrânia, Poak da Grécia, até o retorno ao Brasil, sendo contratado pelo Athletico Paranaense, quando parecia que a carreira estava chegando ao fim.



Como uma fênix, em seu retorno ao Athletico, depois de rodar o mundo conquistando títulos na Europa, Márcio assumiu a titularidade da lateral com a saída de Renan Lodi para a Espanha, ganhou a confiança do treinador Tiago Nunes e, de cara, foi campeão Sul-Americano e da Copa do Brasil.

Um dia depois da conquista histórica, as emissoras da cidade de Guarabira, sua terra natal, repercutiram a vitória e a história do atleta, o maior da história da cidade nos gramados.

Tímido, Márcio Azevedo evita a imprensa e se mantém focado em seu trabalho no clube. Nas redes sociais, compartilhou imagens de bastidores. O Athletico se prepara agora para mais uma rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo fim de semana.

 


Comentários