Eleições 2018 / Eleições 2018

NÃO CONVENCERAM NEM A FAMÍLIA: conheça os candidatos à Assembleia menos votados na Paraíba

person access_timePostado em 19/10/2018 09:28 chat_bubble_outline

Entrar numa disputa pela Assembleia Legislativa da Paraíba requer muita disposição, especialmente para enfrentar as concorrências internas das coligações, e ainda as coligações adversárias. Em 2018, cerca de 400 pessoas levaram adiante suas candidaturas, mas alguns desses postulantes obtiveram uma votação baixíssima. 

A candidata com a menor quantidade de votos, de acordo com o TRE, foi Janaína Querino (Avante), de 35 anos de idade e natural de Campina Grande, que só obteve um voto e ficou na 358ª posição entre todos os concorrentes. Ela não declarou nenhum bem à Justiça Eleitoral e já foi candidata a vereadora da capital no ano de 2016, quando obteve 3 votos.

Com apenas 3 votos, a segunda colocada no ranking dos menos votados foi a candidata Mairla Gomes (PMN), de 29 anos de idade e natural de Queimadas. Ela ficou na 357ª posição na concorrência geral. A candidata não declarou nenhum patrimônio ao TRE e já concorreu à Câmara Municipal de Queimadas no ano de 2016, mas acabou sendo substituída por outra candidata antes do pleito.



O Sargento Jardel (Solidariedade), de 47 anos de idade, recebeu 4 votos nas eleições e ficou na 356ª posição entre os concorrentes. Ele também não declarou nenhum patrimônio e nunca havia sido candidato antes. Já a candidata Jailda Agra (Avante) também recebeu apenas 4 votos e ficou na posição 355ª entre todos os candidatos. Ela foi candidata a vereadora da capital no ano de 2016, ocupando uma das suplências ao final do pleito.  Igual aos colegas menos votados, ela não declarou nenhum patrimônio ao TRE.

A quinta candidata no ranking nos menos votados é a jovem Rany Ferreira, de 23 anos de idade, que recebeu apenas 5 votos. Ela é natural de João Pessoa e foi candidata a vereadora da capital no ano de 2016, ficando na suplência ao final das eleições. Ela também não declarou nenhum bem à Justiça Eleitoral.

Em Araruna, as candidaturas de Dona Livramento e Magali Moreira chamaram a atenção. A primeira obteve 12 votos em todo o estado. Já Magali somou 57 votos. Contabilizando apenas o votos depositados na 20ª Zona Eleitoral, Dona Livramento obteve 9 votos, Magali 17 votos. 

Fonte: Polêmica Paraíba


Comentários