Cidades / Notícia

Oposição vai entrar com ação para anular eleição da Câmara Municipal de Guarabira

person access_timePostado em 09/01/2017 07:38 Atualizado em 09/01/2017 08:10 chat_bubble_outline

COMPARTILHAR

O vereador Saulo Fernandes (Saulo de Biu – PMDB), em conversa exclusiva com a editoria de Fato a Fato, revelou que a oposição deve mesmo entrar com pedido junto ao Ministério Público para anular a eleição do segundo biênio da Câmara Municipal de Guarabira.
 
Na eleição, o vereador Marcelo Bandeira (PSB) foi eleito presidente e Raimundo Macedo (PSDB) se elegeu vice. 
 
O principal argumento a ser apresentado pelos vereadores de oposição será o de que a eleição foi realizada em sessão solene, ferindo frontalmente o que determina o Regimento Interno da Câmara Municipal.
 
Segundo Saulo, para a eleição do segundo biênio ser legítima, teria de ser realizada em sessão ordinária ou extraordinária. “Como o pleito não atendeu ao que determina o Regimento Interno da Câmara, pode sim ser anulado”, afirmou.
 
- Estou conversando com Wilsinho, Zé Isma e Michele Paulino. Depois que ouvirmos as orientações do nosso assessor jurídico, aí sim tomaremos a decisão de entrar com a ação junto ao MP para anular a eleição do segundo biênio da Câmara Municipal – garantiu.
 
Saulo disse não ter nada contra Marcelo Bandeira nem Raimundo Macedo, no entanto as coisas têm de ser feitas dentro das normas regimentais, inclusive no Legislativo guarabirense. 
 
Fato a Fato entrou em contato com os outros vereadores da oposição e ouviu deles o seguinte: “o que for decidido em conjunto, haveremos de dar andamento”.

Comentários