Brasil / Brasil

Fies 2020.2: hoje é o último dia das inscrições para o processo seletivo

person access_timePostado em 31/07/2020 13:50 chat_bubble_outline

Encerram hoje (31), às 23h59, as inscrições para participar do processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2020.2. Estão sendo ofertadas 30 mil vagas em cursos de graduações nas instituições de ensino superior privado do país. Até o fim da tarde de ontem o sistema contabilizava 74.397 solicitações.

O resultado será divulgado no dia 4 de agosto, mesma data que se iniciará o período para que os pré- selecionados realizem a complementação das inscrições. Aqueles que não foram pré-selecionados na chamada regular serão, automaticamente, incluídos na lista de espera, cujo prazo de convocação é do dia 04 até as 23h59 de 31 de agosto.
Para se inscrever é preciso ter participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – a partir da edição de 2010 – e alcançando a nota média nas provas igual ou superior a 450 pontos. Além disso, não podem ter zerado a redação e devem ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Suspensão de pagamentos



Também na terça-feira (28) foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) os critérios para a suspensão temporária de pagamentos do Fies. Estão aptos ao deferimento da suspensão, os estudantes que até 20 de maço de 2020 estavam com as prestações do financiamento em dia. Também poderão solicitar o benefício, alunos que possuem parcelas em atraso inferior a 180 dias.

A decisão foi tomada por causa da pandemia da Covid-19, que afetou a renda dos estudantes. A suspensão é válida, somente, para parcelas relativas até o final de 2020. Segundo estimativa do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), cerca de 1,5 milhão de estudantes podem ser beneficiados.

*Com informações do MEC
Fonte: Agência Educa Mais Brasil


Comentários

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal MídiaPB - Você sempre informado, não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.