Brasil / Governo

Após cancelar viagem de trabalho ao Norte, Ministro da Saúde participa de manifestação em apoio a Bolsonaro

person access_timePostado em 25/05/2020 16:17 chat_bubble_outline

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no canto esquerdo da foto, durante manifestação em Brasília — Foto: Guilherme Mazui/G1

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, participou neste domingo (24) de uma manifestação em Brasília em apoio ao governo de Jair Bolsonaro, contrariando recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), de autoridades sanitárias e decreto do governo do Distrito Federal.

Pazuello está no comando da pasta desde que Nelson Teich deixou o cargo, em 15 de maio.

Na última quarta-feira (20), Bolsonaro disse que Pazuello fica por "muito tempo" no Ministério da Saúde. Porém, na sexta (22), o ministro da Casa Civil, Braga Netto, disse que o general Eduardo Pazuello está no cargo de ministro da Saúde “por tempo determinado”, com o objetivo de "acertar" a logística da pasta.
O ato deste domingo provocou aglomeração, e muitas pessoas estavam sem máscara, contrariando as orientações das autoridades de saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. Pazuello estava de máscara.



Ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, em manifestação em Brasília — Foto: Guilherme Mazui/G1

Ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, em manifestação em Brasília — Foto: Guilherme Mazui/G1

Decreto do governo do Distrito Federal estabelece que pessoa física que desrespeitar as regras de isolamento social pode ser advertida, sofrer multa e ser enquadrada no crime de infração de medida sanitária preventiva.

Há outro decreto do governo local que prevê multa de R$ 2 mil para quem descumprir a regra de uso de máscara em locais públicos. Em caso de reincidência, conforme o decreto, o valor passa a R$ 4 mil.


Comentários