Araruna / Notícia

EXCLUSIVO: Donos de postos falam sobre preços de combustíveis realizados em Araruna; saiba mais

person access_timePostado em 13/06/2019 12:41 chat_bubble_outline

A Petrobras anunciou na última quarta-feira (12) uma redução de 4,6% no preço médio do diesel em suas refinarias, para R$ 2,0664 por litro, a partir de quinta-feira (13), e simultaneamente informou uma revisão em suas regras sobre periodicidade das mudanças de preços.

"A partir de agora, os reajustes de preços de diesel e gasolina serão realizados sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise do ambiente externo, possibilitando a companhia competir de maneira mais eficiente e flexível", afirmou a empresa em nota.

As últimas baixas da empresa nas refinarias chegam a 10%, sendo que esses valores ainda não chegaram ao consumidor final. Isso, vem sendo debate nas redes sociais no município de Araruna-PB. 



O portal Mídia PB, entrou em contato com dois proprietários de postos na centenária cidade de Araruna. Dono dos Postos Santa Shofia e São Mateus, empresário Odon Macêdo explicou que o anúncio de baixa no combutível nas refinarias não significa automaticamente baixa nas distribuidoras, que são as grandes responsáveis pela definição do preço do combutível nos postos. Macêdo destacou que o proprietário de posto só receberá esse desconto quando a distribuidora realizar uma nova compra nas refinarias. Odon destacou ainda, o preço base de impostos cobrado pelo governo estadual. O que dificulta realizar valores parecidos com outros estados.

Iran Nascimento, proprietário do Posto Pedra da Boca culpou a falta de transparência da mídia nacional ao divulgar apenas a baixa do valor nas refinarias, sem explicar as dificuldades enfrentadas pelos proprietários de postos até chegar ao valor final que será repassado ao consumidor. Ele também citou o valor base de impostos cobrados no estado da Paraíba, como um dos mais altos de todo país. "A falta de transparência da mídia joga a população contra os empresários do ramo", disse. 

Jasiel Benardo -  Mídia PB


Comentários