Araruna / Novidade

Benjamin firma em Cartório compromisso de não nomear parentes para cargos na prefeitura

person access_timePostado em 16/09/2020 22:23 Atualizado em 17/09/2020 11:19 chat_bubble_outline

O nepotismo é vedado, primeiramente, pela própria Constituição Federal, pois contraria os princípios da impessoalidade, moralidade e igualdade. Mesmo assim, é fácil encontrar gestores que utilizam o poder público como cabide de empregos para familiares.

Na manhã desta quarta-feira (16), o pré-candidato a prefeito de Araruna, Benjamin Maranhão, surpreendeu a população com assinatura em Cartório de Escritura Pública Declaratória para que apareça para devidos fins legais que FARÁ constar em seu Plano de Governo para o quadriênio 2021/2024, proposta que obedecerá fielmente à legislação contra a nomeação de parentes até terceiro grau (nepotismo) para cargos em provimento de comissão perante a edilidade do Município de Araruna.

Em entrevista, Benjamin salientou que essa decisão foi fruto de um apelo popular, em razão da insatisfação dos cidadãos com as práticas da atual gestão.



O pré-candidato enfatizou que o ato realizado no Cartório serve para firmar ainda mais o seu compromisso de não nomear nenhum parente para cargos comissionados na Prefeitura.  "Esse é um desejo, acima de tudo, do povo, que não suporta mais os absurdos de nepotismo cometidos nos últimos quatro anos em nosso município", disse Benjamin.

Compromete-se ainda, em apresentar um Projeto de lei ao Parlamento, visando vedar as práticas relacionadas ao Nepotismo no âmbito do Município de Araruna, por violar extensa determinação legal, cumprindo dessa maneira, a LEI.

768551fa-1bd4-4087-8460-49bfc944c391_1

O ato do pré-candidato, segundo sua assessoria, é uma ação que vai de encontro aos anseios da população que não concorda com a atual situação administrativa do município, onde o atual prefeito tem vários familiares empregados nos cargos de confiança da prefeitura.

A nomeação de parentes é um problema que marcou definitivamente a gestão do atual prefeito. No primeiro ano de mandato, o prefeito teve que exonerar, a pedido do Ministério Público, seu irmão, Flávio Costa, e o sobrinho e pré-candidato a vereador, Júnior Costa.

Atualmente, a primeira-dama, América Loudal, ocupa o cargo de Secretária de Saúde; a irmã do prefeito, Lídia Costa, é a secretária executiva de saúde; o cunhado do prefeito, Múcio (esposo de Lídia), é o atual secretário de Agricultura do município; o primo do prefeito, Edvaldo Costa, é Secretário do Turismo; outro primo do prefeito, Fábio Veriato, é secretário de Administração; a prima, Juliana Fonseca, é tesoureira da Prefeitura. Além destes, outros parentes de Vital Costa também ocupam cargos na Prefeitura de Araruna.

Mas, além da quantidade, o que mais indigna a população são os valores pagos pelo atual prefeito aos seus familiares. A secretária de Saúde, esposa do prefeito, sozinha, já recebeu cerca de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais). O genro do prefeito, Luciano Filho, recebeu mais de R$ 898.000,00 (oitocentos e noventa e oito mil reais) durante a gestão de seu sogro. Lídia e Múcio, irmã e cunhado de Vital, receberam, cada um, mais de R$ 173.000,00 (cento e setenta e três mil reais).  O secretário Fábio Veriato recebeu R$ 227.000,00 (duzentos e vinte e sete mil reais) na gestão de seu primo.

Altos valores pagos por Vital Costa já foram, inclusive, julgados irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado. O TCE considerou que parte das vantagens recebidas por secretários do prefeito Vital é ilegal e terá que ser devolvida aos cofres públicos.  Além disso, há ainda denúncia sobre um recurso do Governo Federal que estaria sendo recebido irregularmente pela atual primeira-dama de Araruna, América Loudal.   

RENDIMENTOS RECEBIDOS POR PARENTES DO PREFEITO VITAL COSTA

VITAL DA COSTA ARAÚJO

R$ 651.000,00

AMÉRICA LOUDAL FLORENTINO T. DA COSTA (esposa de VITAL)

R$ 297.262,95

LÍDIA ELVIRA DE ARAÚJO MACÊDO (irmã de Vital Costa)

R$ 173.685,01

MÚCIO ROGÉRIO DA COSTA MACÊDO (cunhado de Vital Costa)

R$ 173.899,99

EDVALDO DA COSTA (Primo de Vital Costa)

R$ 173.048,32

FÁBIO VERIATO CÂMARA (primo de Vital Costa)

R$ 227.033,33

JULIANA CÂMARA DA FONSECA LIMA (prima de Vital Costa)

R$ 173.899,99

THIAGO BELMONT LUCENA

R$ 96.557,45

SANDRA SILVA DOS SANTOS COSTA (cunhada de Vital Costa)

R$ 163.555,18

LUCIANO FONTES CEZAR FILHO (genro de Vital Costa)

R$ 898.215,00

PEDRO HENRIQUE SILVA DE ARAUJO (primo de vital costa)

R$ 75.637,17

GEDAY SIQUEIRA MOREIRA DE ANDRADE (noiva do sobrinho do prefeito)

R$ 140.962,63

JOAO BOSCO TEIXEIRA (tio de América esposa de Vital)

R$ 60.000,00

 


Comentários